Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Retrospectiva 2016
Publicidade

Terremotos e furacões devastaram países em 2016: relembre os dramas

Tremor no Equador, furacão Matthew e terremotos na Itália causaram mortes e destruição

News|Do R7

O furacão Matthew destruiu áreas inteiras do Haiti em 2016
O furacão Matthew destruiu áreas inteiras do Haiti em 2016 O furacão Matthew destruiu áreas inteiras do Haiti em 2016

O ano de 2016 foi marcado por desastres naturais que causaram mortes e devastação em várias regiões do planeta, com bilhões de dólares em prejuízos. Alguns deles causaram maiores danos e preocupação das autoridades.

Em 16 de abril, o Equador se deparou com uma tragédia quando um terremoto de 7,8 graus na escala Richter deixou 659 mortos e 26 mil desabrigados, o que obrigou o presidente Rafael Correa a decretar estado de emergência no país. Pedernales, Manta e Portoviejo foram as cidades mais devastadas.

Dois terremotos na Itália fizeram o país ter um ano dramático de destruição. O primeiro deles ocorreu em 24 agosto, quando tremores de 6,2 graus na escala Richter abalaram a área central do país, afetando municípios na ligação entre as regiões do Lácio, da Umbria e das Marcas. Foram 300 mortos, sendo que 224 na cidade de Amatrice. Em 26 de outubro novo terremoto assustou o país, chegando a 6,1 graus na escala Richter, e sendo sentido em nações vizinhas.

No fim de setembro, o furacão Matthew deixou rastros de destruição no Caribe e no Estados Unidos, tendo se formado em 28 de setembro e se sustentado com ventos extremamente fortes até 10 de outubro.

Publicidade

Atingiu Cuba, Jamaica, Bahamas, República Dominicana e o Haiti, país que teve áreas inteiras devastadas pelas ventanias de cerca de 232 km/h, com mais de mil mortos, dezenas de milhares de desabrigados e 80% de prejuízos em regiões de agricultura. NOs Estados Unidos, chegou à Flórida, Georgia, Carolina do Norte e Carolina do Sul.

Em novembro, o furacão Otto assolou a região, deixando pelo menos oito mortos no Panamá.

Publicidade

Antes, em 29 de agosto, o furacão Hermine, o primeiro a atingir o território da Flórida desde 2005, também causou sérios estragos nos Estados Unidos, atingindo principalmente a costa sudeste, e regiões do Caribe.

Furacão Matthew provoca êxodo de 2 milhões de pessoas nos Estados Unidos

Publicidade

Também a Nova Zelândia — assim como Índia, Sumatra, Mianmar e El Salvador, entre outros — passou pela tensão de um terremoto em seu território. O sismo ocorreu em 13 de novembro na região de Canteburry. Com epicentro a 93 km de Christhchurch, chegou a uma magnitude de 7,8 graus na escala Richter, provocando um tsunami que obrigou à evacuação da costa. Deixou dois mortos.

No Japão, em abril, um terremoto de 6,4 graus na escala Richter atingiu o sul do país, próximo à de Kumamoto, deixando dois mortos. Em 21 de novembro, um terremoto de magnitude 7,3 atingiu o país, provocando um tsunami na região de Fukushima. Não houve mortos, mas a situação assustou as autoridades, temerosas em relação à usina nuclear local, que já tinha sido avariada em 2011, quando um terremoto de 9 graus, seguido por tsunami, causou vazamento de radiação e obrigou a remoção de milhares de pessoas.

O mais recente terremoto aconteceu no dia 7 de dezembro, quando um tremor de magnitude 6,5 atingiu a Província indonésia de Aceh, situada no extremo norte da ilha de Sumatra. Pelo menos 100 pessoas morreram e equipes médicas ainda lutam para tratar as centenas de feridos à medida que os suprimentos chegam lentamente à área afetada.

Conheça o R7 Play e assista a todos os programas da Record na íntegra!

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.