Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Retrospectiva 2016
Publicidade

Explosões em série do Galaxy Note 7 assombraram amantes da tecnologia

Samsung ainda investiga motivo dos incidentes com o modelo que teve vendas canceladas

News|Do R7

Galaxy Note 7 teve sua venda suspensa e todos os exemplares devolvidos após explosões em série
Galaxy Note 7 teve sua venda suspensa e todos os exemplares devolvidos após explosões em série Galaxy Note 7 teve sua venda suspensa e todos os exemplares devolvidos após explosões em série

Até o fim de 2016 a Samsung deve divulgar o resultado de suas investigações para os casos de explosões do smartphone Galaxy Note 7. O lançamento do produto aconteceu em agosto. A marca, que patrocinou os Jogos Olímpicos realizou o evento de forma simultânea em três cidades: Rio de Janeiro, Londres e Nova York. O aparelho foi apresentado como o mais moderno que a gigante tecnológica sul-coreana já havia criado.

E, de fato, tinha vários pontos positivos: o design combinando metal e vidro havia sido refinado, contava com a tela mais bonita de um smartphone atual e embarcava tecnologias de ponta, como o sensor de reconhecimento de íris. Entretanto, o encantamento com o produto se transformou em pesadelo quando surgiram os primeiros casos de superaquecimento da bateria do smartphone.

Confira as análises dos melhores aparelhos de 2016 no R7 Testou

O próprio lançamento do modelo causou uma impressão diferente nos amantes de tecnologia, já que a empresa decidiu "pular" o modelo 6. A ideia era que a marca alinhasse os números de seus principais celulares, Note 7 faria companhia ao Galaxy S7 e S7 edge.

Publicidade

A decisão inicial da empresa foi pelo atraso na entrega de unidades encomendadas para investigar o que estava acontecendo. A ideia era para realizar testes de qualidade mais rigorosos nas baterias e descobrir o motivo dos acidentes. O primeiro golpe na linha de smartphones com telas grandes e canetas stylus aconteceu no dia 2 de setembro: a empresa decidiu realizar um recall dos aparelhos em todos os países onde havia vendido o smartphone. A promessa era pela troca do Note 7 por aparelhos seguros - com entrega prevista para semanas depois.

Assista ao vídeo da agência de notícias AP que mostra o momento em que um Note 7 pega fogo:

Publicidade

Mais acidentes

Com o lançamento do aparelho nos EUA, mais relatos começaram a surgir. Em uma questão de poucos dias, havia pessoas acusando o smartphone de iniciarem incêndios em carros e casas. As autoridades aéreas norte-americanas até mesmo orientaram passageiros a não embarcassem com seus Note 7 ou desligarem o aparelho durante toda a viagem.

Publicidade

O perigo de um smartphone explodir durante um voo fez com que autoridades brasileiras alertassem o mesmo aos passageiros, mesmo durante viagens domésticas. Ou seja, consumidores que nem conheciam o Note 7 sabiam que ele poderia explodir. E a "propaganda ruim" só ficou pior.

Aparelhos seguros

No dia 29 de setembro, a Samsung disponibilizou alguns dados sobre os resultados do seu recall global. Os fãs do produto tinham esperança de que, finalmente, poderiam falar mais sobre o ótimo Note 7 e menos sobre as explosões que assustaram tantas pessoas.

A resposta para a empresa foi expressiva: os consumidores queriam seus Note 7 funcionando perfeitamente. Alguns dados são marcantes a respeito do produto, como o desejo de 90% dos usuários de escolher um novo Galaxy Note 7 para troca, no lugar de um reembolso.

Entretanto, mesmo após o recall, vários casos de explosões foram descritos na internet com aparelhos "seguros". Frente ao grande volume de incidentes, a Samsung foi forçada a tomar a única atitude possível: encerrar as vendas e produção do Galaxy Note 7, em 11 de outubro de 2016.

Lançado há cerca de um mês, o Galaxy Note 7 apresenta problemas na bateria e relatos de explosões
Lançado há cerca de um mês, o Galaxy Note 7 apresenta problemas na bateria e relatos de explosões Lançado há cerca de um mês, o Galaxy Note 7 apresenta problemas na bateria e relatos de explosões

A maior prova de que o Note 7 prejudica a imagem da marca vem de várias situações online. Sites especializados fizeram testes "até o Note 7 explodir", uma modificação do game GTA tornava o aparelho em uma granada e até mesmo políticos, como o presidente dos EUA, Barrack Obama citou o caso dos smartphones explosivos durante discurso.

Vale lembrar que o aparelho não chegou a ser lançado no Brasil.

No Hora 7: Como um cara criou fantasia com caixas do celular que explode

Leia na íntegra o da Samsung sobre o produto:

Estamos trabalhando com instituições reguladoras relevantes para investigar os recentes casos divulgados envolvendo o Galaxy Note 7. A segurança dos consumidores é a nossa maior prioridade, e por isso, a Samsung pede a todas as operadoras , parceiros e varejistas globais que interrompam as vendas e trocas do Galaxy Note 7 enquanto as investigações estão em andamento. Continuamos empenhados em trabalhar com as autoridades reguladoras para tomar todas as medidas necessárias para resolver esta situação.

Os consumidores que possuem um Galaxy Note 7 original ou um Galaxy Note 7 substituído devem desligar e parar de usar o dispositivo.

Galaxy Note 7 teria incendiado veículo nos EUA após explosão da bateria
Galaxy Note 7 teria incendiado veículo nos EUA após explosão da bateria Galaxy Note 7 teria incendiado veículo nos EUA após explosão da bateria

E agora?

Há uma estimativa de que o mais de 2,5 milhões de Note 7 tenham sido convocados para o recall. Fica claro que não há "versões seguras" do aparelho. A melhor recomendação é que, caso você tenha adquirido um, desligue o celular e entre em contato com a marca para devolvê-lo.

Galaxy Note 7 ameaça explodir em lanchonete

A explosão em série de um smartphone de uma fabricante conhecida é realmente algo fora do comum. Ainda mais quando se fala de um smartphone topo de linha, modelo que tem materiais de primeira qualidade. De acordo com analistas, a Samsung deve adiantar o lançamento do Galaxy S8, outro smartphone de ponta da empresa e não deve acabar com a linha Note.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.